a desconcentração da água.

O miúdo está na água e sente-se um peixe. Flutua e imagina-se uma medusa. Percorre a piscina por baixo e vê em si um tubarão. Branco, claro.

Hoje, concentrar-se é difícil, a imaginação é mais forte e a água, com o seu silêncio nos ouvidos, ajuda. 

Como eu o percebo. 

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s