liberdade

Ontem, algures na Ajuda, perto das nove da noite…

‘Vicente tens que te deitar mais cedo porque senão custa-te acordar.’

‘Não mãe, tu não percebes, não é nada disso, eu gosto é de dormir.’

‘(sorriso)’

Dormir é liberdade, mãe. A dormir somos livres, podemos sonhar e essas coisas…’

É isto o meu miúdo de seis anos, o ciganito para alguns, a pastilha-elástica para nós. O rapazinho é cheio destas frases e de uma teatralidade que roça o épico. Não sei francamente se aquela resposta me preocupa ou se lhe acho graça. Mas lá que é linda, é. E não se contraria uma mãe babada.

1891208_10152220696829337_1700757836_n

Anúncios

One thought on “liberdade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s