na versão clássica

gesummet

Aprendo nestes dias o caminho horizontalmente vertical para os diversos sopés das notas agudas. A pouco e pouco, o corpo perde os receios, contraria a mente, regista a memória da possibilidade, da forma, da sustentação por um número de tempos superior ao habitual.

Sem querer, penso como esta aprendizagem da respiração é adequada: por vezes não existe outro remédio que não o de respirar fundo, reter, reservar para depois.

A música ensina-me tanto.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s