uma questão de fé

A mulher tem a cabeça a estalar, o nariz com uma dor interior, fininha como um fuso até às entranhas e não consegue falar sem pronunciar os enes como se fossem dês ou os emes como bês.

Uma semana sem nicotina e é isto, pensa, não admira que haja quem desista. 

“Era só o que faltava” é a frase do remate que a faz sentir-se um pouco melhor consigo mesma. A voz estranha, a cabeça e o nariz que parecem gigantes, continuam lá. É uma questão de fé, sim. E de alguns químicos também.

Advertisements

One thought on “uma questão de fé

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s