o tempo que não nos faz a vontade

Aprendi tarde que o tempo e os seus desígnios não se podem apressar. Por vezes, em determinadas situações, gostaríamos que aquele voasse, noutras que atrasasse o passo.

O tempo não nos faz a vontade, exige a espera. E quando aprendemos que não recebemos nada a não ser angústia pela necessidade de exercer controle, tornamo-nos hábeis na arte de respirar fundo, deitamos fora com dificuldade a ansiedade mas recuperamos uma certa forma de calma expectante.

Esperar pelo tempo compensa. Mesmo que passo a passo. Hoje, mais uma vez na minha vida, tenho a prova disso.

Anúncios

One thought on “o tempo que não nos faz a vontade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s