venha.

Chegam de novo as férias.

De novo, é um facto. Não apenas no sentido de ‘novamente’ ou ‘mais uma vez’, mais com o significado da mudança.

Quantas férias temos e tivemos que mudaram para sempre o curso das nossas vidas? Muitas, pela certa. Nem sempre bonitas, por vezes maravilhosas, outras dolorosas ou acrescentadas da sensação de vazio.

Para mim, esta época sempre simbolizou o final de um ano, o verdadeiro fim-de-ano, quando se faz balanço, sem folhas de excell ou listas em mil cadernos diferentes. É por isso um balanço que custa porque é interior, sem intervenção de ninguém, sem escolha de momento. Não se diz ‘vamos fazer o balanço do ano’ como se marca uma reunião. Ele brota de repente, bate-nos nos ombros com a ponta do dedo e diz, ‘vamos lá’. Podemos tentar escapar, dar um mergulho, iniciar uma conversa mas é certo e sabido que haverá uma noite ou uma manhã em que, deitados na cama, no silêncio do nosso silêncio, aparecerá de novo.

Olhar para um ano que ficou para trás é um momento (ou vários) de solidão. Estamos sós no confronto com o que fizemos, o que avançámos ou regredimos, o que nos deu orgulho ou nos gerou sentimento de culpa.

O mais engraçado é que os livros que escolhemos ler contribuem para não nos deixar fingir que não vemos. Regra geral contêm frases, pensamentos ou episódios que nos obrigam a reflectir e que parecem talhados para o momento.  Sei que com toda a probabilidade julgá-los assim é uma falácia; mas nem que seja é curioso verificar como a nossa atenção se desvia e atende a pormenores e palavras que talvez noutros momentos não seriam tão relevantes.

Desconheço se todas as pessoas têm esta prática do balanço. O que sei é que me habituei a deixá-la vir com toda a crueza.

Venha ela. Vou agora comprar e escolher os livros que quero ler com a curiosidade extra de ainda não poder imaginar que frases ficarão agarradas à memória com o selo ‘verão de dois mil e catorze’.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s