diário de bordo – justine

Estou quase a acabar Justine, de Lawrence Durrell. Como sempre, há páginas marcadas, excertos sublinhados, mais ainda num livro que está comigo há mais de vinte anos e cuja primeira leitura me impressionou muito. Agora percebo melhor a razão, as razões. Talvez eu me encontre, assustada, em muitas das palavras que ali se juntam formando frases e significados. Prometi partilhar, não foi? Assim farei. E ao fazê-lo, estarei mais perto. Believe me.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s