cinco aninhos

Eu até podia reguardar-me nas frases esotéricas. Pedir protecção a velhos anjos de amigas queridas. Fazer rezas e ou promessas. Acreditar. Mas há dias em que o sufoco é maior que tudo e perdemos a vontade de ser boazinhas, crescidas e imensamente maduras de tanta compreensão. Em dias como esses, como o de hoje, a vontade é de ter 5 anos, borrifar na boa educação, olhar bem para cima, usar o vernáculo mais elaborado da língua lusa e perguntar: achas que eu tenho de aprender mais o quê?!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s