domingo em madagáscar

O miúdo mais velho estava com o pai. O mais novo, estava cansado de um sábado demasiado cheio de actividade. O dia estava solarengo mas frio. Decidimos ficar por casa, aproveitar o quentinho e brincar. Foi um domingo em cheio que culminou com Madagáscar 3. Não sei quem vibra mais, aliás nunca soube, se era eu ou os miúdos. O que sei é que adoro esta coisa do Outono, agarrados no sofá, entre petiscos simples como bolachas e pipocas, as mãos dadas, colo, e filmes que me divertem e comovem, passem eles as vezes que passarem e, em muitos casos, seja qual for a medida da sua antiguidade. Chama-se nunca deixar de ser criança ou talvez seja eu que prefira acreditar nisso.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s