por nada deste mundo

A mulher trouxe o filho pequenino para o escritório. De tempos a tempos, entre email e email, observava-o, vendo com prazer como sorria com pequenos filmes do Winnie the Pooh. No meio do stress, eram momentos de pausa e presença, que ela não trocaria por nada deste mundo.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s