eat, pray, love

Tenho o livro na estante há séculos, à espera de ser lido. Anteontem vi o filme que andava a piscar-me o olho desde que entrou para o videoclube. Desde aí, posso pensar noutras coisas, mas invariavelmente volto à história e ao que ela me disse. Podem achar que sou pirosa mas fez-me imenso sentido. Se calhar sou mesmo. Ou talvez precise mesmo de uma destas voltas na minha vida.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s