Dançar

Tenho saudades de dançar. Dançar até a Lua se cansar e o Sol descobrir o azul do céu. Dançar até mais não poder mas ainda continuar. Dançar até estalarem as barrigas das pernas e rir no dia seguinte por não poder andar. Dançar sem acanhamento, esquecendo a idade, a compostura e a reputação. Dançar com as minhas amigas de sempre, brincando como miúdas de dezasseis anos, esquecendo tudo em volta. Agarra-me querido; ou melhor: não me agarres que eu quero dançar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s