O salto

É como se passássemos anos a fio com um filtro diante dos olhos que nos fazia ver o céu com nevoeiro. Até que um dia observamos com atenção: o filtro afinal está ao alcance dos nossos dedos; mais surpreendente até, pode ser retirado como se se tratasse de um celofane fino. Então, se tivermos a coragem de querer ver mais longe e nos aventurarmos, avançamos e de forma delicada dizemos adeus ao filtro. A seguir, logo a seguir, vem o salto. Chama-se recuperar a liberdade.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s