O camaleão

De que é que nos vestimos hoje? Qual o personagem? Não importa. A roupa é mesmo uma caracterização de todos os dias. Daquilo que somos, do que gostaríamos de ser, da brincadeira de vestir uma figura ou simplesmente despir a nossa de todos os dias e ser outra parte de nós, mais escondida, mais ousada, mais tranquila, mais o que fôr. Sou mesmo assim, gosto de me ver como um camaleão. Por isso nunca usei sempre o mesmo corte de cabelo, não repito modelos de calças, não me agarro à moda do-que-tem-de-ser-esta-estação. É muito mais divertido; porque afinal, o que é esta vida sem diversão?
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s