Afinal sou mesmo chinelo no pé

Sempre disse e digo que gosto das quatro estações. Não especialmente as de Vivaldi (se calhar por terem sido demasiado conspurcadas em sessões eruditíssimas de elevador ou chamada em espera de médico) mas as reais, aquelas do tempo, mesmo. No entanto, à medida que os anos passam, convenço-me cada vez mais que talvez me esteja a transformar em urso e por isso precisasse mesmo de hibernar, sobretudo em Outonos e Invernos tão rigorosos quanto este. Admito: estou completamente farta deste frio e chuva que me tolhem os movimentos, me entristecem a alma e roubam a minha energia transformando-me num ser mais preguiçoso do que o habitual. Quero acordar descansada, cheia de vigor, saltar da cama,ter vontade de respirar o ar lá fora e despir estas mil camadas de roupa que não têm nada a ver comigo. Que é que querem, afinal sou mesmo é chinelo no pé.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s