She’s the one

Na consulta de rotina, a médica olhou para ela e perguntou, pela enésima vez naqueles três anos

– Mercedes, que idade tem? Nunca me lembro… sessenta e quantos…?
A senhora sorriu e disse no sotaque castelhano
– Doutora Margarida, que disparate… são setenta e nove.
A médica louvou-lhe mais uma vez a beleza e a vitalidade, tirou-lhe os medos dizendo que os seus pulmão e meio estavam perfeitamente bem e valiam por dois.

A senhora é a minha mãe. A mais linda de todas. A mais corajosa de todas. E de cada vez que ela sai, contente, destas consultas de incógnita e angústia, fico tão aliviada que até me dá vontade de chorar. De alegria, claro.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s