Vais ver

– Daqui a nada, tens tanta coisa para fazer que nem vais saber para onde te virar. Vais ver.

A minha mãe disse-me isto há dois dias, usando o seu portuñol ternurento. É tão sábia; mesmo quando desconhece o alcance da sua sabedoria. Tem razão: Deus, Buda, o Universo, ou quem quer que seja que está lá em cima, nunca me faltou, e agora, estou à beirinha, beirinha, de ficar atolada em trabalho. Mas chamar-lhe trabalho é curto porque é muito mais generoso que isso: devagarinho, vão sobrando apenas as coisas mais interessantes, aquelas que me obrigam a sair do que sei de trás-para-a-frente e me desafiam a estudar, conhecer e experimentar algo mais. Sempre que isto me aconteceu ao longo da vida (e já não é a primeira, nem a segunda, nem a terceira vez) fiquei grata, percebendo a regra: Ele dá-me, sempre e quando acredito em mim.
Anúncios

One thought on “Vais ver

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s