Até segunda

Sentir o abraço dos pais e os olhos ternos dos dois. Sentir o seu colo e oferecê-lo aos meus filhos. Ter ajuda espontânea e, por momentos, relaxar. Partilhar momentos com os irmãos. Rever amigos de longa data e trocar experiências há muito por dizer.

É já amanhã, depois de duas centenas e meia de quilómetros. Vou para casa dos meus pais durante quatro dias que certamente serão maravilhosos e sem espaço para mais nada a não ser eles, a minha família e os nossos afectos.
Não me exijam mais nada porque é só isto que ambiciono nesta altura. 
Mal posso esperar. 
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s