Cantina

Ventoinhas antigas. Letreiros de lojas de secos e molhados com as letras desbotadas. Estantes a cair de podre. Livros com marcas de muitos dedos. Rádios de outros tempos. Poltronas de pele gasta de tanta gente sentada ao longo dos anos. Bancos. Máquinas registadoras dos cinquenta. Telefones dos quarenta. Gravadores de pistas. Gira-discos-de-vinil…
Amo objectos que contam histórias. Hoje, quase me distraí do almoço por causa de um restaurante chamado Cantina. Repleto de velharias e sendo em si mesmo uma delas, é um prazer para os olhos e uma sensação agradável para o palato. A degustar no LX Factory.
Anúncios

One thought on “Cantina

  1. Por incrível que pareça ainda não conheço o Lx Factory. Já fui “oficialmente” convidada para passar por lá e mesmo assim deixei para depois…mesmo já tendo ouvido falar nessa “Cantina” cheia de Histórias, nos recantos, nas lembranças…e mesmo assim deixei para depois! Vou apressar o meu “depois”.Um beijinho a ti e aos “2 amores”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s