O lado piroso

Todos temos um lado piroso. Não vale a pena dourar a pílula e chamar-lhe kitsch. É mesmo o nosso lado piroso. O meu, confesso que se manifesta nestes dias ensolarados, quando tenho o privilégio de almoçar junto ao rio e agradeço a todas as alminhas o facto de viver em Lisboa. Muito poucas cidades têm esta luz e umas águas que nunca são iguais. Mais dois clichées. O que é que querem? Não há pessoas perfeitas. E eu não sou certamente uma candidata.


(PS: Eu sei que até a foto é pirosa, ok?)
Anúncios

One thought on “O lado piroso

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s