Enjoy the silence

A pouco e pouco, muito devagarinho, como se parecessem não querer que nos esqueçamos de nada, sobretudo das lições a aprender, as núvens afastam-se e a luz do Sol começa a penetrar lentamente no nosso interior. Vou deixar-me estar quieta, sem observar, no gozo puro e simples da contemplação. Preciso de estar calada para que as mensagens mais verdadeiras ganhem âncora. Assim darei á luz o calor.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s