Vésperas III

Vinte e sete snowballs esperam pacientemente a sua vez de serem embrulhados em papel. Os últimos livros suspiram de inveja por ainda não estarem a dormitar nas caixas. Colares, brincos e anéis encostam-se nos seus espaços já de si exíguos, sabendo que mais cedo ou mais tarde serão apertados entre celofane e papel de seda. As últimas roupas enchem-se de ar nos cabides esperando pelo dia em que serão penduradas no varão do camião. As mercearias perguntam-se quais delas irão conhecer uma nova despensa. 
No meio de tudo isto, o Vicente dorme; dorme e descansa, embalado no líquido e nos movimentos do compasso do meu dia. 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s